Cuidado com o que você escuta.



Amigos do site Apocalipse, esta postagem tem o intuito de alertar as famílias acerca do que as músicas profanas transmitem dentro do seio familiar e na estruturação da juventude. Algumas músicas profanas foram produzidas com o poder da destruição de caráter, a fim de atingir a faixa etária mais sensível da população, que são os jovens, pois quem as escuta injeta dentro de si características citadas na própria canção.
Veja alguns exemplos de canções que mexem na estrutura social, psicólogica e espiritual das pessoas.

Grupo Bidê ou Balde – E por que não? 
Eu estou amando A minha menina 
E como eu adoro Suas pernas fininhas 
Eu estou cantando Pra minha menina 
Pra ver se eu convenço Ela entrar na minha 
E por que não? Teu sangue é igual ao meu Teu nome fui eu quem deu 
Te conheço desde que nasceu 
E por que não? Eu estou adorando Ver a minha menina Com algumas colegas
Dela da escolinha Eu estou apaixonado Pela minha menina 
Ouve o jeito que ela fala Olha o jeito que ela caminha. 
E por que não? Teu sangue é igual ao meu Teu nome fui eu quem deu 
Te conheço desde que nasceu 
E por que não? Ohh!  

Kelly Key - Baba Baby 
Cê não acreditou Você nem me olhou 
Disse que eu era muito nova p'ra você mas, 
Agora que eu cresci você quer me namorar 
Ohh!! Cê não acreditou Você sequer notou 
Disse que eu era muito nova p'ra você mas, 
Agora que eu cresci você quer me namorar 
Não vou acreditar Nesse falso amor 
Que só quer me iludir, me enganar e isso é caô 
E p'ra não dizer que eu sou ruim vou deixar você me olhar, só olhar, só olhar 
Baby baba olhe o que perdeu Baba criança cresceu 
Bem feito p'ra você é Agora eu sou mais eu 

Na letra da primeira canção, entende-se por um pai que se apaixonou pela própria filha e que propõe como normologia o ato de relacionar-se com crianças.
Na segunda canção, a cantora Kelly Key fala de uma antiga paixão que aconteceu na sua infância, provavelmente aos 9 anos de idade, cuja letra impõe que na infância o homem que ela gostava não a amava, mas depois que ela cresceu ele a quis e ela o rejeitou.
Bom, eu poderia citar muitos exemplos nesta postagem, mas creio que é o suficiente para refletirmos sobre músicas profanas. Cuidado você que é cristão! Alerte seus filhos acerca das musicas que muitos acham que não há maldade, porém há uma brecha que o inimigo coloca diante desses jovens que nada mas é do que a subliminaridade, em que o subconsciente desses indefesos jovens capta e guarda em sua memória.
A cantora Lady Gaga, os rebeldes da record e outros tem tirado a atenção de crianças e adultos. E tem saqueado a juventudade dos altares do templos evangélicos, pois satanás tem obtido vitória em cima do que Deus construiu.
O que me preocupa no seio das igrejas é a inconstante falta de atenção de crianças, preadolescente e adolescentes no culto, na pregação, e nos trabalhos de Deus. Alguns, na hora da pregação da Palavra, simplesmente abandonam o culto e retornam somente ao final.
Amigos, eu estou postando essas coisas para que os irmão saibam que satanás quer o teu filho a qualquer custo, ele deseja destruí-los para te causar infelicidade futura, falo isto também para pastores e obreiros.
Enquanto há tempo tire seu da frente do computador antes que ele torne- se dependente, dose seus acessos, selecione-se seus amigos, imponha sua autoridade como pai e como homem de Deus na sua casa, pois se hoje ele se quer liga para as liturgias do culto, amanha ele estará fora do seio da igreja e ainda te criticando e te chamando de arcaico.
Irmãos, filho de peixe, peixinho é. Mas o do crente, não é crentinho, tem que aceitar Jesus e se batizar.

Fabbioanjos e Cleyziane