Estudo sobre maçonaria



Origem

Vamos começar pelo começo,a origem da palavra Maçonaria ( em francês Maçonierie) é derivado do francês maçon,que significa pedreiro.Os historiadores concordam que a maçonaria atual foi derivada das antigas associações de pedreiros da Idade Média,que contiam guardados entre seus membros os segredos arquitetônicos da época,como por exemplo fazer grandes templos e igrejas,o que os pedreiros normais não conseguiam fazer.
Para manterem seus segredos a salvo de pessoas que não eram de suas assossição,criaram toques,sinais e palavras secretas,assim poderiam reconhecer quem realmente era um ‘Maçon’.Ainda naquela época criaram os graus,quando a pessoa subia de grau conhecia novos segredos,os quais ela não poderia contar a ninguém de grau inferior.Na época existiam apenas os de Aprendiz,Companheiro e de Mestre Maçon.Hoje em dia existem vários,mas isso depende do Rito praticado, no mais praticado no Brasil são 33 graus. A outra linha de pesquisa que diz que a Maçonaria poderia ter sido derivada da Ordem Dos Templários,embora não exista nada que comprove isso.
Existe ainda uma lenda,que seria encenada na iniciação maçonica.É contada a história de que ao construir o Templo de Salomão,Hiram Abiff que era mestre maçon e hoje é mártir da Maçonaria,teria sido persseguido por três arquitetos de classe mais baixa que desejavam conhecer os segredos de Mestre.Um dia esses três homens combinaram que iriam atrás de Hiram e que arrancariam dele todos os segredos que possuísse,então na noite marcada Hiram estava saindo do templo quando foi aboradado por Jubela, esse bateu nele com uma régua,mas ele continuou a fugir depois foi abordado por Jubelo que o atingiu com um esquadro e por fim Jubelum o acertou com um maço,isso cominou em sua morte,antes de morrer ele teria dito “quem irá ajudar o filho da viúva” segundo algumas pessoas, esse é um dos pedidos de socorro dos maçons.Os nomes dos três companheiros que assinaram a Hiram Abiff,deram origem aos sinais (posturas) dos três primeiros Graus maçônicos, simbolizando o corte da garganta; a extração do coração e a dilaceração do ventre, forma como Hiram teria sido assassinado, dentro da Lenda de Hiran Abiff, conhecida como Lenda do Terceiro Grau.