ORAÇÃO E JEJUM




ORAÇÃO E JEJUM MUDAM AS CIRCUNSTÂNCIAS

De todas as armas poderosas que Deus concedeu ao seu povo, a mais negligenciada e esquecida na Igreja é a poderosa arma do Jejum.
Oração e Jejum abrem as portas para o Perdão, a Benção e a Restauração.
O jejum é uma arma poderosa que Deus nos deu, capaz até de mudar as circunstâncias, abrir portas e prevalecermos com ele.
Jesus reconheceu o poder tremendo do jejum, antes de iniciar o seu ministério, fez um jejum de quarenta dias. Jejuou a fim de consagrar-se para o ministério.
Foi uma maneira de receber a direção e a revelação divina, uma forma de preparar-se para enfrentar e derrotar o inimigo.
O profeta Jonas foi até a cidade de Nínive, que ela seria destruída dentro de quarenta dias (Jn. 3:1-10), o rei de Nínive ouviu o alerta do profeta e creu em Deus, se humilhou, desceu do trono, tirou as vestes reais, vestiu-se de saco e sentou-se nas cinzas, proclamou um jejum nacional; nem homem, nem animal poderiam comer ou beber. Ele disse: "cubram-se de saco, homens e animais. E todos clamem a Deus com todas as suas forças. Deixem os maus caminhos e a violência, talvez Deus se arrependa e abandone a sua irá e não sejamos destruídos". E Deus os ouviu e não os destruiu como tinha prometido.
Usando a grande arma do jejum, podemos 'fazer o inimigo retroceder; mudar a batalha, mudar pessoas, famílias, bairros, cidade e nações, grandes milagres, curas, libertações, manifestações e sinais de Deus acontecem.
O jejum toca o poder de Deus nunca antes tocado, o jejum libera o poder de Deus nunca antes liberado. O jejum faz com que orações penetrem em lugares celestiais nunca antes penetrados, o jejum trás respostas de orações nunca antes respondidas, o jejum rompe barreiras e muda situações.


O ARREPENDIMENTO POR MEIO DO JEJUM

O jejum que Deus honra é o que começa com humildade e sinceridade. Jejum não é só passar um tempo sem comer e beber, é acompanhado de arrependimento, choro, quebrantamento, tristeza e confissão de pecados. Envolve disposição para se afastar dos maus caminhos, de todas as atitudes erradas, de todos os pensamentos maus, de todos os desejos malignos, enfim, de tudo o que desagrada a Deus.
Depois que você se humilhar diante de Deus, em jejum e oração, então virá restauração prometida, Deus restituirá tudo o que Satanás roubou de você. Virá abundância (Joel 2:24-27). Os céus se abrirão sobre você e sobre a sua família, chuvas de bênçãos à transbordar.
O Espírito Santo está convocando o povo de Deus: "Toquem as trombetas no Monte Sião! Anunciem um dia santo de jejum e convoque o povo para se reunir no templo". Então o Senhor se mostrará amoroso, generoso e misericordioso, cobrindo com abundantes bênçãos. (Joel 2:12-27) Leia!

Oração gera poder que muda

Oração como ato de submissão, ato de adoração e como ato criador.
A oração vale-se do poder criador de Deus, “a oração modifica as coisas”.  Através dela colocamos as coisas nas mãos de Deus para serem modificadas. A oração muda circunstâncias, pessoas, famílias, cidades e nações. Trás a existência coisas que não existem e dá vida ao que está morto.

-      Primeiro: Separe um horário específico de uma hora na presença de Deus diariamente.
-      Os primeiros quinze minutos é, um tratamento da sua vida com Deus, abra o coração para tirar todo ódio, raiva, íra, mágoa, amargura, rancor, liberar perdão, confissão de pecados, todo tipo de impureza e imoralidade.
-      Os segundos quinze minutos é, fazer cobertura em oração, pelo pastor, pastores e familiares. Também, para que Deus me de liberdade na Palavra, para pregar o Evangelho com poder para a libertação das pessoas do poder do pecado, das garras de satanás e seus demônios.
-      Os últimos trinta minutos, fazer intercessão pela manifestação do poder sobrenatural de Deus, para curas, milagres e libertações das pessoas, aceitando a Jesus, sendo libertadas dos vícios, da imoralidade, pecado, vidas transformadas para a Glória do Senhor Jesus.

Todos os direitos do Pr. Roberto Gromoski